CFM International Leap (Português)

O salto (“propulsão de aviação de ponta”) incorpora a tecnologia que a CFM desenvolvida no programa Leap56, que lançou em 2005. O motor salto foi oficialmente apresentado o dia 13 de julho de 2008. . Espera-se que este motor substitua as variantes CFM56-5B e CFM56-7B.

Variante CFM Leap-1a (24 500-32 900 lb) foi certificada FAA e AESA 23 de novembro de 2015 e CFM Internacional entregou as primeiras 2 cópias de produção para airbus em 2 de abril de 2016.

A empresa comercial da empresa Aeronave da China (COMAC) foi a primeira a selecionar o motor de salto, que será empregado no COMAC C919. Esta empresa está programada para ser um dos primeiros a colocar em serviço uma variante de salto, Leap-1C (27 980-30 000 lb), em 2016. A Boeing também planeja usar variante CFM LEAP-1B (23.000 -28.000 lb), Após aprovação de 30 de agosto de 2011, o desenvolvimento do Boeing 737 Max.

Os 19 injetores de combustível serão fabricados com impressoras 3D, de pó de liga de Cobalt-Chrome: são até 25% mais leves e 5 vezes mais duráveis do que tradicionalmente fabricado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *